AQUECIMENTO GLOBAL

Atualizado: 13 de Ago de 2018

O assunto do momento são as mudanças climáticas em virtude principalmente do aquecimento global. Mas o que é aquecimento global?

Aquecimento global é um processo de aumento da temperatura dos oceanos e da atmosfera da terra causado por intensas emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) como o CO2, CH4 (metano), N2O (Óxido Nitroso), CFC’s (Clorofluorcarbono) e O3 (Ozônio) além de H2O (água). Vale lembrar que o efeito estufa é um processo natural do nosso planeta e é muito importante para nossa sobrevivência, dos raios solares emitidos em direção a terra, 30% é refletido pela camada de gases da atmosfera e 70% é ultrapassa essa camada e é absorvida como radiação infravermelha na forma de calor, parte dessa radiação é refletida pela superfície terrestre em direção ao espaço, para que não se perca esse calor, os gases de efeito estufa trabalham como uma peneira, um percentual desse calor se mantem na atmosfera e deixam o planeta aquecido, de acordo com MARCO CHIARETTI (2016), em uma publicação da Super Interessante se esse processo não acontecesse a temperatura da terra seria aproximadamente 33 graus Celsius mais frio, tornando inviável a mantenimento da vida na terra. O problema é que o aumento das emissões desses gases tem potencializado esse fenômeno de retenção de calor que é natural, causando um aumento das temperaturas ocasionando assim as mudanças climáticas por todo o planeta.

Segundo Fabio Reynol, 2015, em texto publicado na Agência FAPESP, no aumento das emissões de GEE estima-se que 70% destas emissões são causadas pela ação antropogênica, ou seja, pelas atividades humanas, entre elas entre destaca-se dois principais gases contribuintes para isto aconteça, o CO2 – 60% das emissões, (Embrapa, 2008), que são emitidos por fábricas, automóveis e principalmente queimadas e o CH4 – 15% (Embrapa, 2008), que são provenientes, por exemplo, dos lixões, gás natural e óleo, da pecuária esta ultima ainda complemento que é responsável por 22% dessas emissões, através da eructação (arroto) liberando um dos principais gases de efeito estufa, o CH4 (metano entérico). 1 unidade de metano equivale a 20 unidade de CO2 (Dióxido de Carbono). É importante comentar também que o excesso desses gases na atmosfera podem trazer prejuízos à saúde humana como doenças pulmonares entre outros e considerando também que alguns desses gases podem ser asfixiantes e inflamáveis.

Porém o CO2 tem se tornado um dos vilões nas questões de emissões de GEE. Em 2015 em Paris na França, 195 países assinaram o acordo de Paris na Conférence sur les Changements Climatiques, onde foi acordado o controle das emissões de GEE para tentar impedir que o planeta aqueça mais que 2 graus acima da temperatura da era pré-industrial, onde, diga-se de passagem, um aumento de 1 grau já teríamos alterações do clima. Segundo a Organização Meteorológica Mundial (OMM), nos últimos 140 anos a temperatura do planeta aumentou 0,7 graus Celsius.

Vários continentes já sentem os reflexos do aquecimento global, na Europa (2018) o verão tem sido um pesadelo para os cidadãos, onde as temperaturas atingiram marcas superiores aos 40 graus Celsius, ocasionando inclusive mortes.

Em relação as consequências em relação das alterações climáticas podemos verificar o derretimento, de geleiras aumentando os níveis dos mares, com isso haverá o desaparecimento de ilhas e até mesmo de países, aumento de erupções vulcânicas, eventos climáticos extremos como grandes ondas de calor, secas, chuvas e tempestades, tufões, ciclones, furacões e tornados, acidificação dos oceanos com o desaparecimento de espécies marinhas, como usando como referência alta mortalidade dos corais também o desaparecimento de espécies terrestres.

A situação ficou ainda mais séria após a informação de cientista Australianos, Dinamarqueses e Alemães onde foi publica pela Revista da Academia Nacional de Ciência dos Estados Unidos e exibidas em uma reportagem da Rede Globo, onde afirmam que a temperatura da terra irá aumentar mesmo que os países atendam o acordo de Paris em 2015, já comentado anteriormente. Os elementos naturais da terra que corroboram para segurar o aquecimento global retendo o Carbono são ente outros o gelo das calotas polares, microrganismos dos oceanos (Algas Azuis ou Cianofíceas) e as florestas, porém com a aquecimento que já temos atualmente poderá derreter as camadas de gelo mais frágeis como o Mar da Groenlândia, Glaciares do Alpes Europeus e as toneladas de Dióxido de Carbono presas nesse gelo seriam liberadas na atmosfera acelerando ainda mais o aumento das temperaturas dessa forma provocando a morte de florestas como a Boreal, Amazônica e liberação ainda mais GEE, aquecendo a terra ainda mais, ocasionando aí sim, o derretimento das calotas polares e liberando mais toneladas de gases, uma espécie de efeito dominó, sem retorno. Assim transformando o planeta em uma estufa completamente diferente do que conhecemos, com aumento o volume dos oceanos ente 10 e 60 metros transformando áreas totalmente inabitáveis. O estudo ainda afirma que para mitigarmos esse processo as medidas deverão ser emergências e agressivas, com a criação de novos depósitos biológicos de CO2, manejo de florestas, agricultura e solos e preservação da biodiversidade.

Resumindo, o planeta não conseguirá manter a sua capacidade de resiliência, enquanto o ser humano não se der conta de que depende do clima para subsistir e tomar medidas necessárias para minimizar os efeitos de suas ações, temperatura acima de 40 graus são prejudiciais à vida anima e vegetal, ao menos na maior parte das espécies, o alimento tem que existir, a agua tem que ser potável, ou seja, o planeta não depende de nós, nós dependemos do planeta, se ele continuar doente nós adoeceremos também.

Fica a Dica!

Texto: Luiz Marcelo Fontana – Gestor Ambiental

09/08/2018

https://super.abril.com.br/ideias/efeito-estufa-e-o-clima-o-que-a-ciencia-sabe/

https://cidadeverde.com/noticias/49493/arroto-do-boi-equivale-a-69-dos-gases-estufas-emitidos-por-queimadas

http://agencia.fapesp.br/pesquisa-avalia-emissao-de-metano-por-bovinos/20673/

https://www.socioambiental.org/banco_imagens/pdfs/magda_lima.pdf

https://www.youtube.com/watch?v=Spd1ixh8gIA


Quer saber mais sobre esse assunto?

A CASSILAB disponibiliza palestras corporativas para sua SIPAT ou Evento, além de outros serviços relacionados à área. www.cassilab.com.br


4 visualizações

© 2023 por Consultoria de sucesso. Orgulhosamente criado com Wix.com